Ano Novo, novas esperanças...

sexta-feira, 1 de janeiro de 2016
Um voto muito sincero aos prezados Leitores do «Coral Vermelho», que tenham  um novo ano repleto de saúde, de sucessos, de paz e de harmonia!
Para Cabo Verde um ano de paz e de segurança para os cidadãos. Sobretudo de renovação num quadro democrático, com programas credíveis de governação mais inteligente, mais clarividente, visando o real desenvolvimento de todas as ilhas, com especial cuidado para a camada populacional que vive na pobreza, com muito pouca literacia e, infelizmente, com muita delinquência.

De entre estes meus desejos de renovação, de verdadeira busca de alternativas, para as nossas ilhas, apoio-me  numa expressão judicativa e muito bem achada do Dr. Joaquim Saial que no seu artigo no «Terra Nova» de Novembro de 2015, e a propósito de referência feita por um pintor francês, de passagem por Mindelo, nos idos anos de 1950, sobre o grande Baltazar Lopes da Silva,focando aspectos da sua imensa cultura. Joaquim Saial termina o seu texto, dizendo: (...) Outros tempos, também de gente de alta intelectualidade das ilhas, jamais igualada no seu conjunto (...). Fim de transcrição.

Pois bem, é nesta linha de pensamento que faço igulamente votos de que Cabo Verde volte a conhecer homens e mulheres de tão alto gabarito intelectual e ético, como alguns, desse tempo de outrora aqui referido.

Boas Festas e Feliz Ano Novo!

 

1 comentários:

Joaquim Djack disse...

Um braça de "ano nobo" para o "Coral Vermelho" e para a sua gestora, para além dos devidos agradecimentos pela citação. Longa vida ao blogue e bons intercâmbios com o "Praia de Bote", o "Arrozcatum" e o "Esquina do Tempo".

Amizade do
Joaquim Saial

Enviar um comentário